Design, gasto ou investimento

Design, gasto ou investimento?

Um dos maiores impasses de todo empresário é saber onde investir, quando tratamos de Design, seja gráfico, de produtos ou digital, falamos de uma área um pouco turva, onde pagamos muitas vezes quantias altas por um “produto” que ainda nem se quer existe. Design é algo “novo” e sua real função é “desconhecida”,  tornando inevitável o receio de investir nesse tipo de serviço. Mas, afinal, Design é gasto ou investimento?

Apesar de trabalhar com o intangível, o design está presente em praticamente tudo do nosso dia-a-dia. No formato de um móvel, na embalagem de um produto; no layout de um site; nas características de um logo; no visual de um brinquedo e etc. Lembrando, muitas vezes o sucesso de um produto ou serviço se dá à sua experiência de uso, ou seja, graças ao seu design.

Um mundo sem Design

Pare por um momento e tente imaginar um mundo onde o design nunca existiu, onde aquele clássico refrigerante de cola talvez nunca tivesse seu nome, logo ou garrafa icônica, ou um mundo onde todos os produtos fossem entregues em simples sacos de papel sem estampa. Em um mundo como este, vários dos produtos que conhecemos talvez nem existissem. Os famosos computadores da maçã, seriam apenas placas de silício componentes elétricos. Sistemas de computadores se resumiriam a “zeros” e “uns”. E nós trabalharíamos sentados em confortáveis rochas com assento irregular.

É difícil imaginar esse mundo, pois já vivemos num mundo onde o design  influencia tudo aquilo que nós vemos ou tocamos. Ou seja, um mundo onde o design esta presente em 99% do nosso tempo.

Investindo corretamente no Design

Quando falamos de design podemos abrir um leque muito grande com relação ao serviço prestado, estamos falando de vários profissionais que podem criar desde um simples layout promocional ou até mesmo o novo logo da sua empresa. Estamos falando de elementos que podem influenciar 100% na decisão de compra do seu produto ou serviço. Por isso, injetar dinheiro em um projeto de design definitivamente não é um gasto. Mas é preciso que este investimento seja feito com sabedoria.

Em primeiro lugar, é preciso definir o que você quer para seu projeto. Depois, saber qual o tipo de design você busca. Por ultimo, saber se você precisa contratar uma agência ou um profissional freelancer, para aí sim fazer o seu investimento de forma correta. Se você tem dúvidas, fizemos um vídeo para você saber escolher entre o Freela ou a Agência. Basta clicar aqui.

Cuidados e precauções

Certo, ja sabemos que design é um investimento, mas vale citar pontos de precaução na hora de investir.

  • Não caia na ideia do “fulano faz mais barato”. O valor do serviço reflete diretamente na sua qualidade.
  • Design bom raramente tem mais de uma opção. Principalmente quanto se trata de logo, o bom designer dificilmente irá apresentar várias propostas. Algo conceituado raramente terá mais de uma solução gráfica, por isso, cuidado com “catálogo de logos”. Inclusive já falamos sobre desenvolvimento de logo, vale conferir clicando aqui.
  • Profissional bom sabe o que faz. O bom designer assim como todo bom profissional sabe o que faz. Se você precisa sentar ao lado do seu designer para “guiá-lo”, algo está errado. O bom profissional irá te dar um prazo de execução e lhe apresentar uma proposta para o trabalho contratado.
  • O bom trabalho tem seu tempo. Tome cuidado com designer com o tempo extremamente flexível, o trabalho começou com prazo de 30 dias, caiu para 20 e agora 10! Algo está muito errado no planejamento deste profissional, o bom designer, assim como qualquer outro profissional precisa do seu tempo mínimo para trabalhar corretamente. Se o tempo dele é extremamente flexível, algum processo está sendo cortado.
  • Trabalho bom não nasce do “porque gostei”. O bom designer também saberá “defender o projeto” e esclarecer qualquer dúvida relacionada. Se você perguntar algo sobre o projeto e a resposta for “por que gostei/achei bonito”, provavelmente ele não foi muito bem conceituado.

Invista sem medo

Por fim, uma dica que deixamos é, invista sem medo. Design é uma área promissora, que tende a potencializar todos os seus produtos ou serviços além de agregar valor aos mesmos. Como qualquer outro investimento o design também precisará do seu tempo de ROI (Retorno sobre investimento) mas, é mais válido investir hoje e aguardar para colher os frutos amanhã, do que não investir hoje e se arriscar a não investir nunca mais.

E você já investiu em design alguma vez? Pensa em investir? Que projeto você tem em mente? Comenta ai!

Akira Kawazoe

Co-fundador e CBO da dBriefing Resultados criativos. Formado em Design Gráfico, com especialização em Gestão do design e cursando MBA em Branding, Nerd, gamer e apaixonado pelo mundo das marcas . - “Um mundo sem marcas, é um mundo sem negócios”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *