Papel com recorte que forma a palavra branding

O que é Branding?

Branding é a gestão de uma marca.

Grandes marcas mundiais utilizam estratégias para conquistar a mente e o coração de seus consumidores. Pense em uma empresa de refrigerante ou em uma marca de fast food! Rapidamente, você se deparará com nomes famosos que estão há muito tempo trabalhando seus respectivos brandings.

Branding são ações alinhadas ao posicionamento, propósito e aos valores da marca, trazendo características fortes para o mercado e para aqueles com quem irá interagir. O objetivo do branding é conquistar a mente do consumidor, mas também seu coração.

Tudo que uma empresa faz, desde o início da criação de seu logotipo, está conectado ao seu branding. É nesse ponto que a empresa irá desenvolver o seu tom de voz, seus valores e seus objetivos.

Por que fazer a gestão da marca?

Um velho ditado já dizia: “Quem é visto é sempre lembrado”. E não é por menos. As campanhas de marketing e publicidade são apenas ferramentas de divulgação, que devem seguir a estratégia elaborada pelo branding da empresa.

É importante que a marca fique alinhada com o propósito da organização. Assim, ela não estará apenas atraindo seguidores, mas irá conquistá-los, fazendo-os se identificar com ela.

Segundo uma pesquisa feita pela Ana Couto, quando uma organização consegue atingir verdadeiramente seus consumidores, a percepção de preço pode mudar.

Vários dos entrevistados disseram que comprariam um produto e pagariam seu preço se simpatizassem pelo propósito da corporação. Muitos afirmam que pagariam um valor ainda maior pelo produto.

Ter uma marca com personalidade e propósito é uma forma de se identificar com a história de seus consumidores.

Com o branding, a comercialização de seus produtos não será apenas uma venda, mas sim uma experiência única.

Como o branding motiva as escolhas de compra?

Quando um consumidor escolhe uma empresa, ele leva em consideração muito mais do que apenas as próprias qualidades de produtos e serviços. Nesse sentido, para compreender o que é branding, é necessário ter a noção das razões subjetivas que influenciam as pessoas.

Afinal de contas, o usuário também põe na balança, mesmo que de forma inconsciente, questões sentimentais, como suas expectativas e sonhos, bem como a afinidade com a organização selecionada.

Como essas sensações abstratas são repassadas ao público? Elas são transmitidas pelo branding em suas mais diversas ações de marketing.

Coca-Cola

Quando o assunto é o que é branding, nada melhor do que exemplos concretos de empresas bem-sucedidas nesse tema. Nesse contexto, podemos citar a Coca-Cola com seu slogan “abra a felicidade”. Afinal, a empresa de refrigerantes “vende” mais do que a bebida: ela associa seu produto à felicidade, à diversão e à união.

Sua campanha de Natal com o caminhão que percorre várias cidades brasileiras é mais do que conhecida: é ansiosamente aguardada pelo público. Do mesmo modo, essa indústria aposta em propagandas constantes em várias mídias. Além disso, sempre que pode a Coca-Cola patrocina eventos grandiosos, como as Olimpíadas.

Red Bull

Mais um bom exemplo de marca que soube pôr em prática o que é branding tem sido a Red Bull. Isso porque a fabricante de energéticos conseguiu vincular seu nome aos esportes radicais e à paixão pela aventura. Tal característica se consolidou por meio do famoso slogan: “Red Bull te dá asas”, repetido incansavelmente em várias peças e campanhas. Assim, toda vez que vemos seu produto, nossa mente preenche uma lacuna com algo ligado à energia e à ação.

Nubank

Não foi muito diferente com o Nubank, que conseguiu se destacar no fechadíssimo mercado financeiro. Essa empresa disponibiliza cartão de crédito pelo celular, mas muito mais do que isso. Entre as táticas do Nubank estão a priorização do tempo dos clientes e a garantia da segurança de dados. Além disso, a meta é proporcionar uma experiência incrível por meio de uma relação humanizada da marca com seus consumidores.

Como é formado o Branding?

Quando se fala em o que é branding, é muito natural que o empresário se pergunte: para que serve na prática? A resposta para essa pergunta é simples:  o branding é um instrumento de gestão que auxilia na definição de um posicionamento para a empresa, de forma autêntica, com relevo e compatibilidade com os ideais e propósitos corporativos.

Em outras palavras, a empresa que faz a lição de casa do branding toma mais espaço na mente das pessoas. Por essa razão, as marcas vão se tornando referência em determinado setor. Assim, quando aparecer uma necessidade de consumo, os clientes lembrarão primeiro da sua organização. Mas como é formada a estrutura do branding? A seguir, vamos explicar os elementos que compõem o branding em um verdadeiro Raio-X. Acompanhe!

Construção da marca

Para de fato compreender o que é branding, será necessário fazer uma construção da empresa no imaginário do público. Quando as pessoas pensarem no seu negócio, como você quer que elas lembrem dele?

Esse trabalho exige ações para despertar sentimentos, conscientes e inconscientes. Nesse sentido, todas as atitudes que a empresa toma para se comunicar fazem parte desse “erguer de tijolos”.

Isso engloba a personalidade da marca, o logotipo, gravuras, acessórios, arquitetura, ações, objetivos, discursos, causas e propósitos.Veja a seguir um resumo de itens para trabalhar a construção da marca!

  • Personalidade: pense em quais são as principais qualidades. Tente imaginar o seguinte: se a empresa fosse um indivíduo, como ele seria;
  • Tom de voz: escolha um tipo de linguagem, mais pertinente ao seu público: despojada, séria, técnica etc.;
  • Posicionamento: qual o lugar que ela ocupa no mercado e em qual patamar ela deseja estar em determinado período;
  • Canais: descubra onde estão seus clientes e possíveis novos consumidores. Tente definir quais são os canais que eles mais usam: Facebook, WhatsApp, Instagram e assim por diante;
  • Identidade visual: é preciso criar os símbolos visuais da marca que vão contribuir para formar uma ideia sobre sua empresa na opinião do público. Essa identidade deve ter logos, fontes, cores, objetos, mascotes, entre outros ícones.

Pontos de contato

Também faz parte do Raio-X do branding o chamado Ponto de Contato. Na realidade, os pontos de contato são todos os canais pelos quais a empresa interage com seus clientes. Ou seja, pode ser um site, um supermercado (no caso de quem não vende diretamente), um blog, um e-commerce, entre outros. Diante disso, é importante que haja coerência entre esses pontos e toda a marca. Essa tarefa também é executada por meio do branding. Desse modo, o layout de um balcão deve seguir as cores e o logo do negócio e assim sucessivamente.

Branding e Marketing Digital

Hoje em dia, é impossível falar sobre o que é branding sem mencionar o inbound marketing. Afinal, entre as diversas estratégias de marketing disponíveis, a entrega de conteúdo de valor tem se destacado na internet.

Isso acontece por meio da divulgação de temas que interessam aos seus possíveis clientes, assim como aos atuais consumidores. Por essa razão, o branding ganha mais eficácia com o marketing digital. Desse modo, é possível falar com as pessoas por meio de textos em blogs, de posts em redes sociais, de e-books, de podcasts, entre outros recursos.

Com uma agência de propaganda especializada, você ganha experts no tema para trabalhar a sua marca. Assim, eles executam essas tarefas para você: produzem conteúdo e remetem às pessoas, na hora mais propícia.

E aí? Deu para entender o que é branding? Esperamos ter esclarecido sobre essa importante ferramenta de publicidade, que acaba sendo também um tópico fundamental na gestão.

Que tal dividir este conteúdo com amigos, sócios e colaboradores? Então compartilhe nosso post!

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0

Akira Kawazoe

Co-fundador e CBO da dBriefing Resultados criativos. Formado em Design Gráfico, com especialização em Gestão do design e cursando MBA em Branding, Nerd, gamer e apaixonado pelo mundo das marcas . - “Um mundo sem marcas, é um mundo sem negócios”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *