redesign

O que é redesign?

A identidade visual é um dos alicerces das marcas de sucesso. Prova disso são os logotipos de empresas como o McDonald’s e a Coca-Cola. Assim que batemos o olho neles, fazemos a conexão. Por isso, essa é uma etapa de grande importância para quem está chegando ao mercado.

Mas, tão relevante quanto a criação é o redesign da marca. Isso por que o consumidor de décadas atrás não é o mesmo dos anos 2020, exigindo mudanças na forma como as empresas se comunicam com o público.

O que é redesign?  

Assim, é importante identificar a hora certa dessa renovação, atualizando o logotipo e demais materiais gráficos da marca. A seguir confira mais detalhes sobre o que é o redesign e a sua importância.

Antes de explicar o que é o redesign, é preciso deixar claro o que é design. Muita gente pensa que se trata apenas do desenho ou que ele desempenha somente a função estética da marca. No entanto, se refere aos valores que se deseja transmitir.

Nesse sentido, é natural que com o passar dos anos haja uma atualização. Portanto, o redesign é uma reformulação do que já existe, baseado em novas tendências do mercado.

Por que fazer?

Como você deve ter percebido já apresentamos algumas pistas da importância do redesign. Além de acompanhar as mudanças de mercado, o processo pode ajudar as empresas a alcançarem novos consumidores. Isso acontece, por exemplo, quando se amplia o portfólio de produtos.

O redesign também contribui para o reposicionamento da marca. É interessante ainda para empresas que desejam assumir novos valores institucionais ou que passaram por mudanças profundas em sua estrutura administrativa.

Mudança deve estar alinhada ao branding

Branding são conjunto de ações que estão alinhadas aos propósitos e posicionamento da marca. Assim podemos entender que a identidade visual faz parte dessas atividades.

Então, é fundamental que o redesing esteja alinhado aos princípios estabelecidos pela empresa para que a comunicação com o público seja realmente efetiva.

O exemplo da Apple

Para que fique mais fácil compreender o processo de redesign da marca, temos alguns exemplos, como o da Apple. O primeiro logotipo da empresa foi criado em 1976. Ganhou novas versões entre 1977 e 1998, depois entre 1998 e 2000, 2001 e 2007 e, por fim, 2014.

Inicialmente trazia a imagem do físico Isaac Newton sentado embaixo de uma macieira, dentro de uma moldura. Havia ainda o trecho de um poema, nome inicial da marca “Apple Computer Co.” e, ao redor, uma fita.

Na primeira reformulação a mudança foi bastante drástica. A empresa passou a utilizar apenas a imagem de uma maça “mordida”. A ideia era simplificar, deixar a marca mais atraente e passar a mensagem, de maneira metafórica, de que o consumidor estaria “mordendo” uma nova tecnologia, ou seja, se apropriando de algo novo.

De 1977 para atualidade, cores foram adicionadas e, depois removidas. O formato também ganhou novos contornos para se tornar mais atraente e moderno.

O exemplo da One Way

A escola de idiomas One Way Línguas é outro exemplo de uma marca que passou pelo processo de redesign. As cores foram suavizadas, assim como os contornos dos elementos que compunham o logotipo.

Essas mudanças tinham o intuito de transmitir atributos da escola como simpatia, carisma e dinamismo. Outro objetivo foi prolongar a vida útil da marca, com um desing que pudesse criar identificação com o público por muito mais tempo.

A marca ganhou uma tipografia exclusiva para o logotipo. Os caracteres e detalhes do novo desenho da escola foram desenvolvidos à mão. No entanto, a equipe da dBriefing, responsável pelo processo, conservou as formas dinâmicas, porém com uma leve inclinação para a direita, além de pequenas serifas, para expressar movimento e o dinamismo. 

Como mostramos neste artigo o redesign de uma marca é tão importante quanto a sua criação. De tempos em tempos, por uma série de questões, é preciso rever a comunicação visual para atingir o público esperado. Nesse sentido, é importante contar com uma empresa da área. A dBriefing tem um time de especialistas que estuda, minuciosamente, cada etapa do processo, para as empresas alcançarem resultados mais efetivos.

Entre em contato conosco e descubra tudo o que a dBriefing pode oferecer para sua marca.

Akira Kawazoe

Co-fundador e CBO da dBriefing Resultados criativos. Formado em Design Gráfico, com especialização em Gestão do design e cursando MBA em Branding, Nerd, gamer e apaixonado pelo mundo das marcas . - “Um mundo sem marcas, é um mundo sem negócios”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *