logotipo e marca

Logotipo e Marca, qual a diferença?

Entender os conceitos de logotipo e marca são importantes para quem está iniciando um negócio ou querendo reposicionar a empresa no mercado. Apesar de muita gente acreditar que ambos significam o mesmo, os termos possuem diferenças importantes.

É claro que designers e publicitários dominam os conceitos e saberão orientar sobre a construção, redesign ou o reposicionamento de uma marca/logotipo. No entanto, é importante entender as diferenças dos termos para conquistar o público. Confira a seguir:

Logotipo e Marca: entenda de uma vez!

Um logotipo, logo ou simplesmente símbolo configuram como o elemento visual do seu negócio/instituição. Por exemplo, no caso da Apple temos o desenho da maçã. Já da Adidas as três listras e no Mc Donald’s a letra M.

Esses elementos gráficos das empresas ajudam o público a identificá-las em meio aos seus concorrentes e, certamente, se sobressair entre centenas de negócios parecidos. O logotipo também é importante para a construção da identidade da marca, pois define os aspectos visuais que serão utilizados por toda a instituição. Cores, formas, formato de letras e demais itens servirão como padrão mesmo quando o logotipo não aparecer.

Vale ressaltar que o logotipo é volátil. Isso significa que ele pode sofrer alterações no decorrer dos anos, especialmente por conta de transformações e tendências do mercado.

A marca, por sua vez, possui um conceito mais complexo. Trata-se da percepção que o consumidor tem da empresa. Dessa maneira se refere ao conjunto de qualidades, defeitos, credibilidade, forças e fraquezas que o negócio possui.

Diferente do logotipo, a marca não é volátil e, portanto, dificilmente passa alterações. Ela assume um posicionamento dentro do mercado, que tende a ser permanente por década e até mesmo por toda a vida da empresa/instituição.

Entenda de forma fácil a diferença de marca e logotipo

Para simplificar o que é de fato uma marca ou logotipo, propomos um exercício.

Pense em uma marca de carros. Agora mentalize a marca líder de maionese. Pense ainda na marca mais tradicional de sandálias. Perceba que você conseguiu consolidar três marcas diferentes, sem a necessidade de expormos qualquer informação sobre elas. Isso acontece porque essas marcas já se consolidaram no mercado por esses atributos. Assim, assumiram um posicionamento.

Agora vamos repetir o exercício com relação ao Logotipo.

Pense em um logotipo verde que tenha uma sereia e seja de uma empresa de café. Certamente você lembrou do Starbucks. Agora, que tal um logotipo de motocicleta, na cor laranja e um escudo. Provavelmente você pensou na Harley Davidson. Para terminar, mentalize um logotipo de refrigerante, nas cores vermelho e branco. Difícil não lembrar da Coca-cola, certo?!

Note que para identificar o logotipo foi necessário apresentar elementos visuais. Isso por que eles foram criados com base nestas características e, portanto, precisam delas para serem lembrados.

Trabalhando em conjunto

Uma empresa de sucesso precisa do trabalho em conjunto de logotipo e marca. Dessa forma será necessário construir uma boa estratégia para que a empresa alcance um posicionamento fixo no mercado. Aliás, já falamos mais sobre esse assunto neste post.

 Uma marca bem consolidada inclui a construção de um logotipo e identidade visual compatíveis com os ideias e objetivos da empresa. Assim, o seu negócio passa a ter maiores chances de ser relevante no mercado e, consequentemente, diferente de todas as demais concorrentes. Ou seja, assume um posicionamento forte e gera credibilidade com o seu consumidor.

A relevância da marca e do logotipo

Uma empresa que não pensa em sua marca e na construção do logotipo tem menos chances de criar uma identificação junto ao seu público. Um nome não terá tanta força quanto a identidade visual.

Um símbolo ou logotipo bem feito, como já explicamos aqui, quase que de imediato atinge o imaginário do consumidor. Por isso a importância de contar com uma empresa especializada na área, formada por profissionais experientes, que consigam extrair e transpor os objetivos da empresa, criando um visual único e eficiente.

Além disso, uma marca consolidada, pode durar anos no mercado.

Quando e por qual motivo atualizar uma marca?

Como explicamos anteriormente, um logotipo tem maior volatividade que uma marca. Mas, por diversos motivos vale considerar um reposicionamento desses conceitos de tempos em tempos. Isso deve ocorrer quando a empresa deseja atingir novos mercados, ampliar ou mudar o seu nicho de atuação ou se modernizar, por conta das transformações sociais e do mercado.

Assim, é um momento que deve ser cuidadosamente analisado, junto a uma equipe preparada de publicitários e designers. O logotipo merece atenção depois de algum tempo, mas as mudanças devem ser calculadas para que a identidade não se perca como todo, principalmente, quando a intenção for apenas modernizar.

Como mostrarmos aqui, logotipo e marca não são a mesma coisa, mas estão relacionados. Ambos são de suma importância para o posicionamento e destaque da empresa no mercado, junto aos seus consumidores. Nesse sentido, vale contar com uma empresa especializada para a construção e acompanhamento de toda a identidade visual e conceito da sua instituição.

Agora que você já sabe a diferença entre logotipo e marca entre em contato com a dBriefing para obter o melhor conceito e design para sua empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *